NO AR AGORA
ESTILÃO SERTANEJO (AO VIVO)
E-mail
comercial@estilowebradio.com.br
Ligue
(11) 95197-5014
NOTÍCIAS

Como a banda Jefferson Airplane se tronou Starship?

Jefferson Airplane / Starship  ( 1965-1989 ) banda americana de Rock psicodélico formada em São Francisco no verão de 1965. Várias encarnações posteriores do grupo original continuaram a tocar sob nomes diferentes, um reflexo do passar dos anos e da formação da banda. Foram eles Jefferson Starship, mais tarde somente Starship e posteriormente Jefferson Starship The Next Generation. Suas canções mais famosas como Jefferson Airplane são "Somebody To Love", de 1966, "White Rabbit", de 1967; como Starship são "Sara", de 1985, e "Nothing's Gonna Stop Us Now", de 1987. Em 1984, Kantner (o último membro remanescente da fundação do Jefferson Airplane) deixou a banda, mas não antes de tomar ações legais sobre o nome Jefferson contra os outros membros da banda, que gostariam de continuar com o nome Jefferson Stairship. Kantner ganhou a ação, e o nome da banda teve que ser reduzido para apenas Starship, marcando sua terceira encarnação. Freiberg, que estava bastante marginalizado, deixou a banda da mesma maneira. No ano seguinte o Starship lançou Knee Deep in the Hoopla, que contava com grandes hits de topo de parada como "We Built This City" e "Sara". Nenhuma outra canção do Jefferson Airplane ou Jefferson Starship havia atingido o topo das paradas anteriormente. O álbum, que atingiu disco de platina, ainda lançou outros dois singles Tomorrow Doesn't Matter Tonight e Before I Go. Em 1987, "Nothing's Gonna Stop Us Now" estava presente no filme Mannequin, apesar de somente Slick, Thomas e Chaquico aparecerem no longa. A canção, feita por Slick, a tornou a cantora mais idosa a cantar um topo de parada da Billboard, aos 47 anos. O recorde foi mantido até 1999, quando Cher estourou com "Believe" aos 53 anos. No ano seguinte, a canção "Wild Again" foi utilizada no filme Cocktail. Na época do lançamento do álbum No Protection, o baixista Pete Sears deixou a banda, e em 1988 Grace Slick fez o mesmo. Ela estava descontente com a nova imagem pop do banda, jurando nunca mais se apresentar com eles novamente. A nova formação lançou Love Among the Cannibals em 1989, mas acabaram terminando o Starship no ano seguinte.